Data Center

Refrigeração para Switches em Data Center

Escrito por Márcio Abreu

 Seus switches de core e equipamentos de rede estão recebendo a refrigeração adequada em seu Data Center?

Os servidores em um Data Center recebem a refrigeração pela frente e a expulsam por trás .

Os Data Centers são concebidos para facilitar ao máximo a refrigeração destes servidores.

E os switches de core e equipamentos de rede que ficam hospedados dentro do Data Center?

Eles não  puxam e expelem o ar pelas laterais?

Não estariam eles prejudicados?

Se ele parar por sobreaquecimento , meu Data Center não pararia também?

Veja neste artigo técnicas para melhor a refrigeração e garantir a melhor operação de seu Data Center.

 

Mas afinal de contas, por que temos problemas de refrigeração com switches no interior de Data Centers?

As melhores técnicas de Data Center preconizam que para uma refrigeração eficiente de um Data Center temos que dividi-lo em corredores quentes e corredores frios.

 

Esta divisão garante um fluxo direto do ar : sai do ar condicionado pelos difusores de piso , entra no rack pelas portas perfuradas, passa por dentro dos servidores resfriando suas placas, é expelidos pelos mesmos na parte traseira do rack retornando ao ar condicionado para ser refrigerado completando-se assim o ciclo de refrigeração.

A separação melhora a eficiência térmica do Data Center.

A principal razão para a refrigeração ineficiente é a “mistura irrestrita do ar frio e do ar quente”.

Os switches de rede implantados em Data Centes geralmente utilizam resfriamento de fluxo de ar lado a lado ( entrada de ar frio de um lado / saída do ar quente do outro ), o que requer menos espaço vertical e aumenta a densidade de portas.

Dadas as condições adequadas do ar de entrada, esses switches estão bem projetados para resfriar-se.

No entanto, uma  grande quantidade de  cabeamento, no rack,  pode impedir o fluxo de ar.

O ar de exaustão quente pode recircular para a entrada de ar do switch, aumentando as temperaturas de entrada e inibindo a capacidade de auto-arrefecimento dos equipamentos.

Há portanto uma ineficiência na refrigeração e mistura indesejada entre ar frio e ar quente que ocasiona perda de eficiência energética do Data Center além de uma conta de energia elétrica maior.

Refrigeração cisco 6500

Ok. Mas como resolver este problema?

Existem técnicas em que se utilizam dutos que direcionam o ar da parte frontal do rack para a lateral de entrada de ar do equipamento e outros dutos que direcional o ar quente que sai dos equipamentos da lateral para a parte traseira do rack.

 

refrigeração switchesA utilização de dutos oferece uma solução eficaz de fornecimento de ar refrigerado para a entrada do switch e o direcionamento do ar quente de escape para fora da entrada do equipamento ativo.

A condução apropriada canaliza o ar para as entradas do switch e permite que o ar de entrada permaneça a uma temperatura uniforme.

Para que um sistema de dutos funcione eficazmente, o duto deve ajustar fisicamente ao switch, evitando interferências nas estruturas do rack, cabeamento e outros componentes da infra-estrutura física.

A impedância do fluxo de ar do duto deve ser minimizada para não afetar o desempenho do ventilador do sistema e o resfriamento por convecção forçada de componentes.

Da mesma forma, o duto não deve alterar fundamentalmente os padrões de fluxo de ar dentro do Switch.

Tenha sempre em mente que para se ter um Data Center confiável e de alta disponibilidade é essencial  a prestação de um serviço de qualidade.

A Innotechno Tecnologia é especializada em serviços pra Data Center. Entre em contato.

E então, gostou do nosso conteúdo? Agora, descubra:  Contenção do corredor quente ou do corredor frio? Qual a melhor técnica?

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter

Assine nossa newsletter para receber informações e dicas interessantes sobre Data Center e TI.

Enviaremos, no máximo, um email por semana com a sintese dos ultimos artigos escritos.

 

Parabens! Você está inscrito em nossa Newsletter !

Sobre o autor

Márcio Abreu

Acreditado pela Uptime Institute e certificado pelo The Icor. É hoje um dos profissionais com maior experiência em projetos e construções de Data Ceters, no Brasil. Especialista na concepção , validação do projeto , análise de riscos das instalações, acompanhamento, controle e comissionamento de construções de Data Center .

Site : http://www.innotechno.com.br

Deixar comentário.

Share This
/* ]]> */