TI

Conheça 10 certificações de TI nas quais você deve investir

Certificações de TI
Escrito por Márcio Abreu

As certificações de TI já deixaram de ser encaradas como um mero complemento para a formação. Hoje em dia, o profissional que se encontra no mercado competitivo — mas pobre de qualificação — necessita de certificações que o credencie como um especialista na área.

Sabendo dessa importância das certificações de TI para a carreira, que tal falarmos sobre algumas das principais delas?

No post de hoje, apresentaremos 10 certificações que valem a pena você investir. Vamos lá?

O que você precisa saber sobre as certificações de TI

Antes de consultar a lista que preparamos, existem algumas considerações a serem feitas a respeito das certificações em TI.

Em primeiro lugar, saiba que é mais importante e seguro investir nas certificações mais solicitadas pelo mercado, pois isso é uma garantia de que todo o esforço terá valor. Outro critério primordial é o quanto uma determinada certificação agregará à carreira, levando em conta a posição que ocupa no momento e suas ambições futuras.

Observar as certificações mais bem pagas é uma boa estratégia, desde que sejam compatíveis com o seu campo de atuação e você cumpra com os seus requisitos.

Quanto ao foco, nesse caso, é preciso saber se a certificação é ampla ou específica (voltada para uma indústria/ fabricante/ fornecedora). Certificados amplos costumam ser mais valorizados, visto que eles preparam o profissional para tecnologias diversificadas em vez de restringir o conhecimento a uma só. Por exemplo: você pode ter uma certificação da Cisco, porém, ela não terá valor algum para empresas que não utilizam as soluções da Cisco.

Por fim, não se apresse em obter dezenas de certificados. Profissionais que disparam para todos os lados prejudicam suas próprias carreiras com isso, pois não se tornam especialistas. Além disso, as certificações mais avançadas exigem tempo de experiência na área — e não adianta tentar pular etapas.

Quais são as certificações mais importantes

Agora, sem mais delongas, vamos às certificações!

1. Information Technology Infrastructure Library (ITIL)

O profissional que consegue essa certificação é capaz de otimizar o gerenciamento de serviços de TI por meio do conhecimento adquirido nas publicações da ITIL — são cinco livros que abordam as etapas do ciclo de vida de um projeto.

De acordo com estudos feitos pela Global Knowledge, a certificação ITIL v3 é a 8ª mais valorizada do mercado de TI — subiu seis posições em relação ao ano de 2016.

Vale salientar que ela possui 4 níveis: Foudation (é a porta de entrada para a certificação), Intermediate, Managing Across the Lifecycle (voltado para gerentes de serviços), Expert e Master.

2. CompTIA Security+

Lembra de quando falamos em certificações amplas? A CompTIA Security+ é um ótimo exemplo de certificado com fornecedor neutro, ou seja, que capacita o profissional de TI a atender todos os tipos de demanda para a área de Segurança da Informação.

A certificação CompTIA Security+ é indicada para quem já possui conhecimentos sobre servidores de rede, criptografia, testes de vulnerabilidade etc.

3. Certified Information Systems Security Professional (CISSP)

Trata-se de mais uma certificação de fornecedor neutro, sendo uma das mais valorizadas do mercado (salário médio de $121.729 por ano). A certificação CISSP é uma das mais avançadas em termos de segurança, com aproximadamente 111 mil profissionais certificados.

O CISSP comprova a expertise em Segurança da Informação, portanto, para fazer valer o título, é necessário ter, no mínimo, 5 anos de experiência em Segurança da Informação — ao menos 3 deles como gerente de segurança (security manager).

4. Project Management Professional (PMP)

A certificação PMP, criada e administrada pelo Project Management Institute (PMI), é uma das mais reconhecidas do mercado.

Para quem trabalha com gerenciamento de projetos faz algum tempo, a obtenção do certificado PMP é um passo muito importante para a carreira.

O exame é longo, possui 5 etapas que envolvem o ciclo de um projeto (iniciando, planejando, monitorando e controlando, e concluindo). Quanto aos requisitos, é necessário ter pelo menos 35 horas de treinamento e no mínimo 7.500 horas de experiência com gerenciamento de projetos.

5. COBIT 5 Foundation

O COBIT 5 é uma certificação dedicada aos profissionais que desejam aprimorar os conhecimentos na área de Governança e Gestão de TI, de modo que se tornem capazes de atuar incisivamente em projetos de implementação de modelos de Governança.

Ao obter a certificação, o profissional se torna capaz de aplicar as melhores práticas de gerenciamento por meio de conceitos bem-aceitos no mundo todo.

6. AWS Certified Solutions Architect (Associate)

Segundo a própria Amazon, o certificado “é destinado aos indivíduos com experiência no projeto de aplicativos e sistemas distribuídos na plataforma da AWS”, que aprenderão a projetar e implementar os sistemas escalonáveis AWS, com foco na alta disponibilidade e tolerância a falhas, transferência de aplicativos locais para a nuvem AWS, estimativa de custos e muito mais.

Apesar de ser uma certificação específica, o conceito de nuvem (assim como a sua adoção) vem crescendo, e a AWS é uma das maiores referências em cloud computing. Além disso, a certificação é bem valorizada no mercado.

7. Red Hat Certified Engineer (RHCE)

Para se tornar um verdadeiro administrador de sistemas, é essencial ter conhecimento avançado sobre GNU/Linux e as soluções baseadas nesse sistema operacional.

Dentre essas soluções, a Red Hat é uma das mais implementadas nas empresas. Por meio da certificação RHCE, o profissional aprenderá a implementar e migrar o sistema por completo.

8. Microsoft Certified Solutions Expert (MCSE)

Os serviços da Microsoft relacionados à infraestrutura, Business Intelligence e cloud computing sempre foram adotados por muitas empresas, portanto, ter o domínio sobre essas soluções é o que expandirá as oportunidades de conseguir ocupar um cargo ainda mais influente para as empresas.

Se o seu desejo é trabalhar com infraestrutura de servidor ou nuvem, obter a certificação MCSE deve ser um dos seus principais objetivos daqui pra frente.

9. Certified in Risk and Information Systems Control (CRISC)

Atualmente, a certificação CRISC é a mais valorizada pelo mercado. Isso se deve à escassez de profissionais qualificados, que, nesse caso, se reflete em amplas oportunidades de emprego para profissionais de TI que visam trabalhar com gerenciamento de TI e riscos de negócios.

Um grande diferencial do certificado CRISC é o fato de ser um dos poucos certificados acreditados da área de TI. No caso, o CRISC é acreditado pela American National Standards Institute (ANSI) pela norma ISO / IEC 17024.

10. VMware Certified Professional 5 — Data Center Virtualization (VCP5-DCV)

Assim como a AWS é o maior provedor de nuvem do mundo, a VMware é a maior fornecedora de soluções em virtualização, o que justifica a grande demanda por profissionais certificados para a instalação e manutenção de infraestruturas virtualizadas.

Portanto, ao adquirir a certificação VCP5-DCV, você estará qualificado para trabalhar com a solução mais consolidada do mercado, utilizada por muitos Data Centers ao redor do mundo.

Chegamos ao fim de mais um conteúdo e esperamos que ele tenha sido útil para você escolher as certificações de TI adequadas. Para ficar por dentro das próximas novidades, siga a nossa página no Facebook!

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter

Assine nossa newsletter para receber informações e dicas interessantes sobre Data Center e TI.

Enviaremos, no máximo, um email por semana com a sintese dos ultimos artigos escritos.

 

Parabens! Você está inscrito em nossa Newsletter !

Sobre o autor

Márcio Abreu

Acreditado pela Uptime Institute e certificado pelo The Icor. É hoje um dos profissionais com maior experiência em projetos e construções de Data Ceters, no Brasil. Especialista na concepção , validação do projeto , análise de riscos das instalações, acompanhamento, controle e comissionamento de construções de Data Center .

Site : http://www.innotechno.com.br

Deixar comentário.

Share This
/* ]]> */